Loading...
Loading...

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

FILME "QUESTÃO DE HONRA" - EXEMPLOS DE DIGNIDADE E CORAGEM

AOS VISITANTES, REPITO MAIS UMA VEZ QUE ME FALTA QUALIDADE PARA SER CRÍTICO DE CINEMA OU DE QUALQUER OUTRO RAMO DAS ARTES. OS POUCOS FILMES QUE COMENTAREI NESTE BLOG, SE FUNDAMENTAM EM APENAS UMA LÓGICA, OU SEJA, SEUS ENREDOS DEMONSTRAM EXEMPLOS DE HONRA, DE CORAGEM, DE COERÊNCIA, EM SUMA, BASEADOS EM FATOS REAIS OU FICÇÃO DEIXAM UM LEGADO DE DIGNIDADE.

FOI NESTE CONTEXTO, QUE TIVE A AUDÁCIA DE FALAR ALGUMA COISA SOBRE AS PELÍCULAS GLADIADOR E CORAÇÃO VALENTE, E HOJE VOLTO COM UMA NOVA RODADA, O FILME "QUESTÃO DE HONRA", CUJO TÍTULO EM INGLÊS É "A FEW GOOD MEN", LANÇADO EM 1992.

                                                 CARTAZ DO FILME

                              TOM CRUISE NO PAPEL DO TENENTE DANIEL KAEFE

O ENREDO RETRATA UM OFICIAL DA MARINHA AMERICANA, VIVIDO POR "TOM CUISE", NO PAPEL DO TENENTE "DANIEL KAFFE", INDICADO PARA SER DEFENSOR DE DOIS          FUZILEIROS ACUSADOS DE TER ASSASSINADO UM COLEGA NA BASE NAVAL DE “GUANTÁNAMO’.

O OFICIAL QUE ATUAVA COMO PROMOTOR NO PROCESSO, OFERECE A KAFFE UM ACORDO, CONSIDERANDO OS RÉUS CULPADOS, MAIS REDUZINDO AS RESPECTIVAS PENAS. A PRINCÍPIO, "KAFFE" ACEITA, ACREDITANDO SER RAZOÁVEL, MAS SUA ASSISTENTE, TENENTE "JOANNE GALLOWAY" VIVIDA POR “DEMI MOORE”, INSISTE EM APURAR O CASO, TENDO COMO LINHA DE DEFESA QUE OS RÉUS AGIRAM COM CONSENTIMENTO DOS SEUS SUPERIORES.

                                      DEMI MOORE - TENENTE GALLOWAY

APÓS ESTUDAR OS AUTOS, ACREDITANDO QUE TENHA HAVIDO UM "ALERTA VERMELHO", QUE É UMA PUNIÇÃO, NÃO OFICIAL, APLICADA PELOS PRÓPRIOS COLEGAS, NAQUELES QUE SE ACREDITAM FRAQUEJAREM NOS TREINAMENTOS.

NÃO VOU RELATAR MINÚCIAS DO FILME, POIS DIMINUIRIA AS ESPECTATIVAS DE QUEM, PRETENDE ASSISTIR. EM SUMA, TENENTE KAFFE, GALLOWAY E SAM, OUTRO OFICIAL NO CASO. PARTEM PARA A ILHA, REALIZANDO A FASE INVESTIGATÓRIA, RETORNANDO PARA PLANEJAR A LINHA DE DEFESA E ARROLAMENTOS DAS TESTEMUNHAS.

O GRUPO LOGO CHEGA A CONCLUSÃO QUE HOUVE INDÍCIOS FORTES DE UM "ALERTA VERMELHO" E QUE O COMANDANTE DA BASE E SEU OFICIALATO ENCOBRIA A VERDADE UTILIZANDO DE TRÂNSITO DE INFLUÊNCIA. DIGA-SE DE PASSAGEM, QUE O CORONEL "JESSEP", VIVIDO POR "JACK NICHOLSON", TINHA PRETENSÕES E TRÂNSITO POLÍTICO NA CAPITAL AMERICANA.

"KAFFE" ACREDITA QUE SERIA PRATICAMENTE IMPOSSÍVEL ALEGAR QUE OS DOIS RÉUS PRATICARAM O ALERTA VERMELHO, PELA DIFICULDADE DE ENCONTRAR EVIDÊNCIAS MATERIAIS E PROVAS TESTEMUNHAIS, E SE LEVASSE A JÚRI QUE UM OFICIAL SUPERIOR, O COMANDANTE DA BASE, TINHA CONHECIMENTO QUE SEUS SUBORDINADOS PRATICAVAM ABERTAMENTE ESSE TIPO DE ATO INFORMAL, E NÃO CONSEGUISSE CONVENCER O JÚRI, SUA CARREIRA DE OFICIAL DE MARINHA E ADVOGADO NÃO MAIS EXISTIRIA.

“GALLOWAY” CONSEGUE CONVENCER “KAFFE” A SUSTENTAR A LINHA DE DEFESA, PROVOCANDO O SEU AMOR PRÓPRIO, MOSTRANDO QUE ELE ERA UM ADVOGADO BRILHANTE E SAIRIA VENCEDOR. O RESTO VOCÊ VERÁ ASSISTINDO O FILME.

ACREDITAR NA POSSIBILIDADE DE VITÓRIA, MESMO QUE SEJA CONTRA FORÇAS HIERARQUICAMENTE SUPERIORES, NÃO É PARA TODOS OS HOMENS. NESSA AÇÃO O TENENTE “KAFFE” ENFRENTOU UM OFICIAL DE PATENTE SUPERIOR, ONDE O JUIZ DO CASO TAMBÉM ERA UM CORONEL DO CORPO DE FUZILEIRO NAVAL, UM JÚRI CONSERVADOR, COORPARATIVISMO E TRÂNSITO DE INFLUÊNCIA, MAS VENCEU.

NO DIA A DIA DAS CORPORAÇÕES O QUE SE VERIFICA COM MUITA FREQUÊNCIA SÃO SINDICÂNCIAS E INQUÉRITOS TENDENCIOSOS ONDE A PUNIÇÃO EM DIVERSAS OPORTUNIDADES, DEVIDO A FRAQUEZA DOS COMPONENTES DO GRUPO EM SE IMPOR ÀS FORÇAS ESTRANHAS  LEVAM A CONCLUSÕES PARCIAIS APLICANDO PENAS RÍGIDAS AOS MAIS FRACOS E LIVRANDO DE PUNIÇÃO EXEMPLAR OS QUE ESTÃO EM ESFERA HIERÁRQUICA SUPERIOR, A ISTO CHAMAMOS DE IMPUNIDADE.  

ASSISTIR SINOPSE:

video
                                         http://www.youtube.com/watch?v=hH1FlHL8wzs

ATÉ A PRÓXIMA


JOSEMAR












Nenhum comentário:

Postar um comentário