Loading...
Loading...

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

MONOGRAFIA - EVOLUÇÃO ESTRUTURAL DO LAZER NÁUTICO NO ENTORNO DA "BAÍA DE TODOS OS SANTOS" PARTE II

A Marina Aratu, localizada na baía de mesmo nome (vide anexo II), depois da Bahia Marina, que é localizada abaixo da Avenida Contorno, é a estrutura náutica com maior gama de serviços na BTS. Oferece aos navegadores uma rampa para embarcações de até 300 toneladas, e uma área útil que permite futuras ampliações. É uma das estruturas com maior potencial de crescimento no universo náutico da Baía de todos os Santos.

Mesmo voltada à manutenção de embarcações da Marinha de Guerra e eventualmente da Marinha Mercante, a Base Naval de Aratu oferece certas facilidades a embarcações de pequeno porte, como as oficinas e sistema de elevador de navios, que são um diferencial importante no desenvolvimento da náutica de lazer no Estado e particularmente na BTS. 


                    NAVIO TANQUE "MARAJÓ" MB - NO DIQUE SECO BNA
                                 http://www.mar.mil.br/menu_h/noticias/05112010/03.html

Diante do crescimento dessa atividade no Estado da Bahia proporcionado por fatores macroeconômicos, como a manutenção da estabilidade dos preços e a queda na taxa de juros básica da economia, que induziram o incremento da renda das classes b e c, formando um novo nicho de consumidores, é evidente que esta demanda crescente exigirá novos estruturas e ampliação das existentes, dando suporte aos novos navegantes. Conforme a (anexo VIII) verifica-se que as entidades náuticas organizadas no Estado estão no limite de ocupação de suas vagas disponíveis.

Uma dessas áreas que podem ser utilizadas nesse sentido é o quadro formado pelo Quebrar Sul do Porto de Salvador e o antigo Cais da CNB.  Com a construção de berços de atracação no entorno interno do Quebrar Mar, desde a sede da Capitania dos Portos até a proximidade do forte de São Marcelo, essa estrutura atenderia basicamente aos veleiros que aportam em Salvador, dando suporte a marina do Terminal Turístico náutico, adjacente ao antigo Prédio da Companhia de Navegação Baiana. 

                              QUEBRA MAR SUL PORTO DE SALVADOR

Visualiza-se também a construção de um quebra-mar na área entre a Praia do Porto da Barra e o Iate Clube da Bahia (ICB). O molhe atenderia a necessidade de proteção da sede social do ICB das vagas de quadrante sul e sudoeste, com a possibilidade de criar berços de atracação para embarcações de associados ou de visitantes, observando-se a relação custo benefício quanto ao impacto do meio ambiente. Normalmente estruturas desse tipo se tornam em sua parte submersa berçário para inúmeras espécies de peixe, o que favoreceria a diversificação e aumento da fauna marinha nessa região. Os piers dos imóveis e as embarcações de pescadores localizados entre o Bairro da Vitória e a Avenida Contorno também se beneficiariam com a proteção contra as ressacas. 
                        IATE CLUBE DA BAHIA / PRAIA DO PORTO DA BARRA
                                    http://diariodoavoante.wordpress.com/tag/salvador/

A vocação náutica da Ribeira, precisamente a enseada dos Tainheiros, deve ser incentivada pelos Governos Municipal e Estadual, criando estruturas públicas para atender aos que pretendem ingressar no mundo náutico, mas não possuem recursos financeiros suficientes para manter suas embarcações em uma entidade particular, socializando assim essa atividade. 

                            EMBARCAÇÕES - ENSEADA DOS TAINHEIROS

Os aterros da Enseada dos Tainheiros poderiam ser evitados a fim de recuperar, no que for possível, o manguezal que ali existia. As praias dessa área, que não são propícias ao banho de mar, em virtude de seu fundo de lama, por conseqüência devem ser liberadas a manutenção de embarcações de madeiras a exemplo das escunas, pois, secularmente, esta faina (trabalho a bordo) foi realizada dessa maneira nas inúmeras praias das ilhas da BTS.

As autoridades públicas, que são definidoras do planejamento urbano, não devem perder o horizonte que a atividade náutica é capaz de alcançar, pois gera renda e emprego, e as especializações históricas de cada lugar podem ser mais observadas e potencializadas. 

A recuperação dos antigos atracadouros existentes nas diversas localidades da BTS é de vital importância para atendimento daqueles que utilizarão esses locais para seus passeios marítimos e para dar apoio ao turismo náutico, que atua de forma incipiente para o potencial de desenvolvimento que esta atividade pode ter.


MARGARIDA E JOSEMAR


Nenhum comentário:

Postar um comentário