Loading...
Loading...

domingo, 16 de outubro de 2011

A BATALHA DO RIO DA PRATA - GRAFF SPEE

                                                                                                                             
EM VERDADE, O SITE DEVERIA TER COMENTADO EM PRIMEIRO LUGAR, SOBRE O GRAF SPEE E NÃO COMEÇADO PELO BISMARCK, ATÉ POR QUESTÃO DE CRONOLOGIA. OS FATOS QUE RONDARAM A BATALHA DO ATLÂNTICO SUL ACONTECERAM PRIMEIRAMENTE EM RELAÇÃO ÀS AÇÕES DO BISMARCK.


O “GRAF SPEE” FOI UM PROJETO INTERESSANTE DOS ENGENHEIROS NAVAIS ALEMÃES, ERA CLASSIFICADO COM COURAÇADO DE BOLSO, TINHA DIMENSÕES DE UM CRUZADOR PESADO, PORÉM COM BATERIAS PRINCIPAIS DE MAIOR CALIBRE E BLINDAGEM SUPERIOR.




LANÇAMENTO DO "GRAF SPEE" EM 30 DE JUNHO DE 1934










FORAM CONSTRUÍDOS  3 NAVIOS DA CLASSE: "DEUTSCHLAND" DEPOIS RENOMEADO "LÜTZOW"; "ADMIRAL SCHEER" E O "ADMIRAL GRAF SPEE", COUBE AO “GRAF SPEE” A MISSÃO DE EFETUAR ATAQUES ISOLADOS A EMBARCAÇÕES MERCANTES ENVOLVIDAS NO ESFORÇO DE GUERRA ALIADO EM ROTA ABAIXO DA LINHA DO EQUADOR, ASSUMINDO O PAPEL DE CORSÁRIO.


"GRAF SPEE" NO FIM DE 1936 OU COMEÇO DE 1937




"GRAF SPEE" FIM DE 1936 OU COMEÇO DE 1937


TORRE SIMPLES DE CANHÃO DE 5.9' / 150 mm E GEMINADA DE 4.1' / 105 mm




EM SEU CRUZEIRO PELO ATLÂNTICO SUL O GRAF SPEE, INTERCEPTOU E AFUNDOU 9  NAVIOS MERCANTES. OS INGLESES ATRAVÉS DE SEU SERVIÇO DE INFORMAÇÃO SABIAM DA PRESENÇA DE UM VASO DE GUERRA GERMÂNICO NESTA ÁREA, TANTO É QUE UM ESQUADRÃO DE CRUZADORES BASEADO NAS ILHAS FALKLAND, ESTAVA AO ENCALÇO DO CORSÁRIO ALEMÃO, MAS SEM AINDA SABER SUA IDENTIFICAÇÃO.




O SEU NAVIO DE SUPRIMENTO ERA O "ALTMARK"  O QUAL ENCONTROU PELA ÚLTIMA VEZ ANTES DA BATALHA. EM 03/09/1939. PARA O "ALTMARK" O "GRAF SPEE" , TAMBÉM TRANSFERIA OS PRISIONEIROS ORIUNDOS DOS NAVIOS AFUNDADOS.


AVIÃO EMBARCADO "ARADO - 196




"GRAF SPEE" RECEBE COMBUSTÍVEL DE SEU NAVIO DE APOIO "ALTMARK" EM 03/09/1939




O NAVIO ALEMÃO CHEGOU A ESTAR  PERTO DO LITORAL DO NORDESTE EM SUA EMPREITADA PELO ATLÂNTICO SUL, FOI AO SUL DA ÁFRICA E OCEANO ÍNDICO, RETORNADO AO ATLÂNTICO, QUANDO NA MANHÃ DE .13 DE DEZEMBRO DE 1939, AVISTOU NO HORIZONTE O PERFIL DE UM NAVIO DE GUERRA.


NESTA FOTO É VISÍVEL UMA TORRE FALSA MONTADA SOBRE OS CANHÕES DE 288 mm,  ARTIFÍCIO USADO PELOS CORSÁRIOS  ALEMÃES PARA CONFUNDIR OS OBSERVADORES DIFICULTANDO A IDENTIFICAÇÃO DO NAVIO.




NO PRIMEIRO MOMENTO PENSOU-SE TRATAR DE UM DESTRÓIER, QUANDO O ALARME DE COMBATE TOCOU A BORDO, PERCEBEU-SE QUE NA VERDADE ERA A SILHUETA DE UM CRUZADOR, NÃO HAVENDO MAIS POSSIBILIDADES DE FUGIR AO ENGAJAMENTO. OS CRUZADORES  ERAM O “HMS AJAX”,  “HMS ARCHILLES” DA NOVA ZELÂNDIA – LEVES- E O  “HMS EXETER” – PESADO-


NA VERDADE A INSTRUÇÃO QUE LANGSDORF RECEBEU DO ALTO COMANDO  PARA EVITAR ENTRAR EM COMBATE COM VASOS DE GUERRA, PRINCIPALMENTE SE FOSSE COMPATÍVEL COM SEU APARATO BÉLICO, OU SEJA UM DESTRÓIER ISOLADO PATRULHANDO UM COMBOIO PODERIA SER ENFRENTADO, MAS UM CRUZADOR DE MANEIRA NENHUMA SÓ SE NÃO HOUVESSE OUTRA ALTERNATIVA, MESMO SENDO AS BATERIAS PRINCIPAIS DO GRAF SPEE E SUA BLINDAGEM SUPERIORES A DE QUALQUER CRUZADOR PESADO DO SEU TEMPO.


A ESTRATÉGIA DO COMANDANTE DO NAVIO ALEMÃ FOI DIRECIONAR SUAS BATERIAS PRINCIPAIS DE CANHÕES DE 288 mm NO ALVO DE MAIOR VALOR O ”EXETER”,  E AS BATERIAS SECUNDÁRIAS DE 150 mm  DESCARREGARIAM SUAS SALVAS NO DEMAIS NAVIOS .


O ALMIRANTE QUE ESTAVA A FRENTE DA FLOTILHA INGLESA, TRAÇOU SUA AÇÃO EM DIVIDIR SEUS NAVIOS EM DOIS FLANCOS, DILUINDO O PODER DE FOGO DO "GRAF SPEE".


NO AMANHECER DO DIA 13 DE DEZEMBRO DE 1939 INICIOU-SE A PRIMEIRA E UMA DAS MAIS NOTÓRIAS BATALHAS NAVAIS DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL, A”BATALHA DO RIO DA PRATA”.


NO PRIMEIRO MOMENTO DO CONFRONTO, O EXETER FOI O NAVIO QUE MAIS SOFREU DANOS REDUZINDO SUA OPERACIONALIDADE. AS BATERIAS PRINCIPAIS DO “GRAF SPEE” ERAM CONSTITUÍDAS DE 6 CANHÕES DE 288 mm , DIVIDIDOS EM 2 TORRES TRIPLAS. O EXETER ERA DOTADO DE 3 TORRES COM 6 CANHÕES DE 203 mm ACRESCENTE A ISSO, UMA BLINDAGEM DAS PARTES VITAIS  DO CASCO DO COURAÇADO DE BOLSO ALEMÃO ERA SUPERIOR AO DO CRUZADOR PESADO INGLÊS.


NO DECORRER DO COMBATE AS TORRES DOS CANHÕES PRINCIPAIS DO EXETER FORAM DANIFICADAS E POSTAS FORA DE AÇÃO, A VELOCIDADE DO CRUZADOR INGLÊS CAIU DE 32 NÓS PARA 18 NÓS, COLOCANDO-O FORA DE COMBATE. O GRAF SPEE, APESAR DE NÃO SOFRER AVARIAS EM SEU ARMAMENTO, RECEBEU IMPACTOS DIRETOS DO EXETER, DANIFICANDO SEU CASCO EM ÁREAS DE POUCA BLINDAGEM, SUA COZINHA FOI DESTRUÍDA E O DESSALINIZADOR IDEM.


PROJÉTEIS DO "ACHILLES" ATINGEM A ÁGUA AO LARGO DO NAVIO ALEMÃO

OS MARINHEIROS VITIMADOS NO NAVIO ALEMÃO FORAM: 36 MORTOS E 60 FERIDOS; NOS TRÊS CRUZADORES FORAM 72 MORTOS, SENDO 61 NO "EXETER"; 7 NO "AJAX" E 4 NO "ACHILLES". ALÉM DE 28 FERIDOS.




ESQUIFES COM MARINHEIROS MORTOS NO "GRAF SPEE" 14/12/1939




PESANDO O CENÁRIO E OS DANOS OCORRIDOS EM SEU NAVIO O COMANDANTE DO GRAF SPEE TOMOU DECISÃO DE ABANDONAR O TEATRO DE OPERAÇÕES, REFUGIANDO-SE NO PORTO NEUTRO DE MONTEVIDÉU. A BATALHA INICIOU-SE NA MANHÃ DE UMA QUARTA FEIRA DIA 13 DE DEZEMBRO DE 1939, ÁS 06:14 PROLONGANDO-SE ATÉ ÁS 21:43. NA MANHÃ DO DIA 14 DE DEZEMBRO ELE FUNDEIA NA CAPITAL DO URUGUAI
.
"GRAF SPEE" EM MONTIVIDEO - NOTA-SE DANOS NO CASCO E  AVIÃO DESTRUÍDO NA CATAPULTA 14/12/39




ROMBO A BOMBORDO  NO CASCO DO "GRAF SPEE" 14/12/1939




"GRAF SPEE" FUNDEADO EM MONTEVIDÉU DEPOIS DA BATALHA 14/12/1939




SEGUNDO AS LEIS INTERNACIONAIS  FOI DADO UM PRAZO DE 72 HORAS PARA QUE OS "GRAF SPEE ZARPASSE.


UM DILEMA DEVE TER VARRIDO A MENTE DO CAPITÃO ALEMÃO, FINDO PRAZO TENTAR À NOITE FURAR O BLOQUEIO DOS VASOS DE GUERRA INGLESES, RETORNANDO PARA A ALEMANHA VITORIOSO SENDO CONDECORADO PELO FUHER OU DESTRUIR SEU NAVIO EVITANDO CAIR NAS MÃOS DO INIMIGO.


GUARDA DE HONRA AOS MORTOS NA BATALHA 15/12/1939



CAPITÃO "HANS W. LANGSDORFF" NO FUNERAL DE SEUS MARUJOS 15/12/1939




OPTANDO PELA PRIMEIRA OPÇÃO O NAVIO TERIA DIFICULDADES PARA ENFRENTAR O ATLÂNTICO NORTE NO INVERNO, POIS O SEU CASCO FOI ATINGIDO EM DIVERSAS PARTES E O TEMPO DE ESTADIA NO PORTO DE MONTEVIDÉU NÃO DARIA PARA SOLDAR CHAPAS  FECHANDO OS ORIFÍCIOS. OUTRO PONTO, SERIA SE REALMENTE OS INGLESES TERIAM RECEBIDO REFORÇOS.


A SEGUNDA OPÇÃO PARA SUA CARREIRA MILITAR NÃO ERA GLORIFICANTE, É NOTÓRIO QUE O FÜHRER NÃO ACEITAVA RENDIÇÃO, OU SEJA O GRAFF SPEE TERIA QUE LUTAR ATÉ O FIM.


O QUE SE PASSOU NOS PENSAMENTO DE LANGSDORFF, NESSES DIAS DE CONFINAMENTO, NINGUÉM SABERÁ, O CERTO É QUE ELE OPTOU POR DESTRUIR SEU NAVIO PARA NÃO CAIR NAS MÃOS DO INIMIGO.


EM 17 DE DEZEMBRO DE 1939 LANGSDORFF PASSA SUA TRIPULAÇÃO PARA EMBARCAÇÕES PORTUÁRIAS LEVANDO-OS PARA O TAMBÉM PORTO NEUTRO DE BUENOS AIRES, ONDE MUITO DELES FORMARAM NOVAS VIDAS NA ARGENTINA, CONSTITUINDO FAMÍLIAS, OUTROS DEVEM TER RETORNADO NO PÓS GUERRA E ALGUNS CONSEGUIRAM FUGIR PARA ALEMANHA, O CASO MAIS EMBLEMÁTICO É DO CAPITÃO DE FRAGATA "PAUL ASCHER" QUE CONSEGUIU ESCAPAR, FOGE PARA ALEMANHA, EMBARCA NO "BISMARCK" MORRENDO A BORDO QUANDO O NAVIO FOI A PIQUE.  



REBOCADOR "GIGANTE" LEVANDO TRIPULANTES DO "GRAF SPEE" PARA "BUENOS AIRES" EM 18/12/1939


CAPITÃO "LANGSDORFF" EM "BUENOS AIRES" APÓS O AFUNDAMENTO DE SEU NAVIO 18/12/1939


LANGSDORFF NA NOITE DE 20 DE DEZEMBRO DE 1939, APÓS SE REUNIR COM SEUS TRIPULANTES, SOBE A SEU QUARTO, ACENDE UM CIGARRO, TOMA UM COPO DE SCOTCH, ESCREVE UMA CARTA PARA SUA ESPOSA, PARENTES E O EMBAIXADOR, PONDO FIM A SUA VIDA COM UMA PISTOLA.


GUARDA DE HONRA PERANTE O ESQUIFE DE "LANGSDORFF" 20/12/1939


CORTEJO FÚNEBRE PARA O CAPITÃO "HANS W.LANGSDORFF" 21/12/1939 


RESSALTAMOS QUE OS RELATOS DE HISTÓRIA NAVAL QUE TEMOS PUBLICADO, TEM APENAS O INTUITO DE PASSAR INFORMAÇÕES PARA OS VISITANTES DO BLOG QUE NÃO TEM CONTATO MAIS ESTREITO COM ESTE ASSUNTO, PARA MAIORES APROFUNDAMENTOS EXISTEM SITES ESPECIALIZADOS QUE PODEM SER CONSULTADOS NA WEB, O QUAL CITAMOS http://www.maritimequest.com , DE ONDE RETIRAMOS TODAS ÀS FOTOS QUE ENRIQUECEM O TEXTO.



JOSEMAR

Nenhum comentário:

Postar um comentário