Loading...
Loading...

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

ESTADUALIZAÇÃO DA CODEBA, UM CAMINHO ESTRATÉGICO PARA ABAHIA

         

ALGUMAS DÉCADAS ATRÁS A BAHIA LUTAVA E ESTAVA NO CAMINHO PARA SE TORNAR A SEGUNDA ECONOMIA DO PAÍS, DEPOIS DE SÃO PAULO E NA FRENTE DE MINAS GERAIS, NÃO ERA FACTÓIDE, A LÓGICA QUE ENVOLVIA ESSE OBJETIVO ERA REAL, TÍNHAMOS UM PLANO POLÍTICO QUE GERAVA OS FUNDAMENTOS ECONÔMICOS, ACREDITAVAMOS E LUTAVAMOS POR ESSA IDÉIA.
A REALIDADE ATUAL É BEM DIFERENTE, A ESTAGNAÇÃO E REGRESSÃO QUE VARRE A ECONOMIA BAIANA É VISÍVEL, NÃO É QUESTÃO FILOSÓFICA, IDEOLÓGICA, POLÍTICA PARTIDÁRIA, RELIGIOSA, SÃO DADOS ESTATÍSTICOS QUE COMPROVAM O BURACO NEGRO QUE ATRAI O NOSSO ESTADO, DE TANTAS HISTÓRIAS DE HEROÍSMO, PARA UM FUTURO INCERTO.
ANTES A IMPRENSA ANUNCIAVA O SEGUINTE:

AS FORÇAS POLÍTICAS QUE GOVERNAM A BAHIA JUNTO A SOCIEDADE BAIANA GANHAM A CONTENDA CONTRA SÃO PAULO E A BAHIA TERÁ SEU PÓLO PETROQUÍMICO AO INVÉS DA DUPLICAÇÃO DO PÓLO PAULISTA -1975;
BAHIA VAI RECEBER A METALURGIA DO COBRE – CARAÍBAS METAIS -;
BAHIA CRIA PÓLO CALÇADISTA;
BAHIA CRIA CANTEIRO PARA CONSTRUÇÃO DE MÓDULOS DE PLATAFORMAS PARA EXPLORAÇÃO DE PETRÓLEO;
PÓLO PNEUMÁTICO DA BAHIA É UM DOS MAIORES DO BRASIL;
DEPOIS DE LUTA TITÂNICA LASTREADA POR CORAGEM E REPRESENTATIVIDADE POLÍTICA CONTRA FORÇAS REACIONÁRIAS DO SUL E SUDESTE DO BRASIL, QUE NÃO QUERIAM O ESTADO DA BAHIA DOMINANDO O SÍMBOLO MAIOR DA INDÚSTRIA MANUFATUREIRA, VENCEMOS E A “FORD” VEIO, DEIXANDO MUITOS FRUSTRADOS E RANCOROSOS ESPALHADOS PELO BRASIL COM SENTIMENTO DE VINGANÇA CONTRA NOSSO ESTADO.

DOW QUÍMICA CERRA AS PORTAS DE DUAS PLANTAS NA BAHIA;
NOVELLIS ENCERRA PRODUÇÃO DE ALUMÍNIO PRIMÁRIO DA BAHIA;
CENTRO DE DISTRIBUIÇÃO DA SADIA E PERDIGÃO VAI PARA PERNAMBUCO;
CENTRO DE DISTRIBUIÇÃO DA GM VAI PARA SUAPE;
SUAPE GANHARÁ, UMA REFINARIA, UM PÓLO PETROQUÍMICO, 3 ESTALEIROS, FÁBRICA DA WOLKSVAGEM;
PORTO DE SUAPE RECEBERÁ VERBAS DA UNIÃO PARA CONSTRUIR MAIS DOIS BERÇOS DE ATRACAÇÃO QUE FORMARÁ SEU SEGUNDO TERMINAL DE CONTAINER;
TRANSNORDESTINA TERÁ RAMAL PARA SUAPE E PECÉM, MAS PORTO DE ARATU FICARÁ DE FORA;
BAHIA ATÉ O MOMENTO NÃO ATRAIU, EFETIVAMENTE, NENHUM ESTALEIRO APESAR DAS VANTAGENS COMPARATIVAS DA BAÍA DE TODOS OS SANTOS;


AZALÉIA PRINCIPAL EMPRESA DO PÓLO DE CALÇADOS DA BAHIA, FECHA DIVERSAS UNIDADES NA REGIÃO DE ITAPETINGA;

É CLARO QUE TEMOS QUE CITAR O PÓLO ACRÍLICO E A JAC MOTORS, MAS SE PONDERARMOS, ESTAREMOS EM DESVANTAGEM QUANTITATIVA E QUALITATIVA EM RELAÇÃO A PERNAMBUCO CUJO GOVERNADOR NÃO É DO MESMO PARTIDO  DO  EX PRESIDENTE LULA E DA PRESIDENTE DILMA;
ESSE PREÂMBULO FOI COM INTUITO DE DEMONSTRAR QUE SEM VONTADE POLÍTICA E ESTRUTURA LOGÍSTICA NÃO TEM COMO NOS INSERIRMOS NUM AMBIENTE COMPETITIVO EM BUSCA DE INVESTIMENTOS PRODUTIVOS E PRINCIPALMENTE MULTIPLICADORES.
NESSE CONTEXTO ESTE SITE ENTENDE QUE A ESTADUALIZAÇÃO DOS PORTOS PÚBLICOS DA BAHIA, CONTEXTUALIZA UM AMBIENTE PROPÍCIO A TOMARMOS AS RÉDEAS DO FUTURO DE NOSSOS PORTOS, POIS A DECISÃO DE AMPLIAÇÃO E MODERNIZAÇÃO DO MESMO ESTARIA SOBRE NOSSO IMPÉRIO.


PORTO DE MALHADO
 http://jonildogloria.blogspot.com/2011/07/descaso-da-codeba-pode-fechar-o-porto.html

EM DIVERSOS MOMENTOS DA HISTÓRIA DA BAHIA ACONTECIA O SEGUINTE: O GRUPO POLÍTICO QUE DOMINAVA O GOVERNO NÃO ERA O MESMO QUE ESTAVA A FRENTE DO CODEBA, PERTENCENTE A UNIÃO, OU VICE VERSA. ACONTECIA ATÉ SITUAÇÕES ESDRÚXULAS, OU SEJA, QUEM ESTAVA A FRENTE DO GOVERNO DO ESTADO E DA COMPANHIA PERTENCIAM A COLIGAÇÃO QUE DOMINAVA O GOVERNO DA UNIÃO, MAS POR SEREM INIMIGOS POLÍTICOS A NÍVEL REGIONAL NÃO ERAM LIBERADOS RECURSOS PARA OS PORTOS,  BOICOTANDO O GOVERNO LOCAL.
NÃO SE PENSAVA NO FUTURO ECONÔMICO E SOCIAL DA BAHIA AS DESAVENÇAS PARTIDÁRIAS EM SUA MESQUINHEZ SE FAZIAM MAIS IMPORTANTES QUE OS INTERESSES DO ESTADO, ENQUANTO EM PERNAMBUCO MESMO OS INIMIGOS POLÍTICOS LOCAIS SE UNIAM A FAVOR DAS NECESSIDADES DO ESTADO.
O RACIOCÍNIO NÃO É SIMPLISTA É LÓGICO, OS PORTOS NAS MÃOS DO ESTADO TERIAM SEUS PROJETOS DE AMPLIAÇÃO E MODERNIZAÇÃO COADUNADOS NAS METAS DO PLANO PLURIANUAL DE INVESTIMENTO DA BAHIA. OS TRÂMITES PROCESSUAIS SERIAM MAIS CÉLERES EM VIRTUDE DO CENTRO DE DECISÃO ESTAR NO ESTADO.
A ESTADUALIZIZAÇÃO OCORRERIA COM A ABSORÇÃO DAS ESTRUTURAS FÍSICAS, CORPO FUNCIONAL E CAPITAL SOCIETÁRIO, AS DÍVIDAS TRABALHISTAS E OUTROS PASSIVOS FICARIAM COM O ERÁRIO DA UNIÃO.

 JOSEMAR

Nenhum comentário:

Postar um comentário