Loading...
Loading...

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

HOMOLOGAÇÃO DO NOVO CALADO DO TECON SALVADOR É OFICIAL

O NOVO CALADO DO TERMINAL DE CONTÊINERES DO PORTO DE SALVADOR FOI HOMOLOGADO, COLOCANDO ESSA UNIDADE OPERACIONAL NA ROTA DOS MAIORES NAVIOS DE TRANSPORTES DESSE TIPO DE CARGA NO GLOBO. COM ESSA NOVA REALIDADE, OS CUSTOS LOGÍSTICOS DA ECONOMIA BAIANA ESTARÃO EM QUEDA E A COMPETITIVIDADE EM ASCENDÊNCIA.

O ANTIGO CAIS DE 10 METROS, QUE ATUALMENTE OPERAVA UM CALADO DE 12 M PASSARÁ A 13,9 M E O CAIS DE LIGAÇÃO, QUE PREFERENCIALMENTE RECEBE NAVIOS DE CABOTAGEM, FICA COM 12 M.

PARABENIZAMOS O SENHOR DEMIR LOURENÇO JÚNIOR, DIRETOR DO TECON, EMPRESA DO GRUPO WILSON SONS, PELA SUA COMPETÊNCIA EM AMPLIAR E QUALIFICAR OS INVESTIMENTOS NO PORTO DE SALVADOR,  E O PRESIDENTE DA CODEBA JOSÉ MUNIZ REBOUÇAS, CUJA GESTÃO FORMATOU UM AMBIENTE ADEQUADO AO CRESCIMENTO DAS OPERAÇÕES PORTUÁRIAS NO ESTADO DA BAHIA.

PORTO DE SALVADOR- OS 3 NOVOS PORTÊINERES  A DIREITA, E OS 3 MAIS ANTIGOS TRANSFERIDOS PARA O CAIS DE LIGAÇÃO, A ESQUERDA DA FOTO
FOTO, AUTOR DO BLOG

O MOMENTO É PROFÍCUO, MAS NÃO DEVEMOS RELAXAR A GUARDA, EMBAINHAR AS ESPADAS, COMO SEMPRE ALERTAMOS, UMA BATALHA PELA COMPETITIVIDADE FOI GANHA, MAS A GUERRA NÃO ACABOU. E NESSE CONTEXTO A SOCIEDADE BAIANA DEVE COBRAR E ESTAR ALERTA NO QUE SE REFERE A CONTINUIDADE DAS AÇÕES RELATIVAS A CONSTRUÇÃO DO SEGUNDO TERMINAL DE CONTÊINER DO PORTO DE SALVADOR, BEM COMO A AMPLIAÇÃO DO PORTO DE ARATU.

É BOM LEMBRAR A "LEI DOS RENDIMENTOS DECRESCENTES", EXEMPLIFICANDO: QUANDO EM UMA UNIDADE ECONÔMICA VOCÊ MANEJA ALGUNS FATORES PARA MAIS E MANTÉM OUTRO CONSTANTE, ASSIM PROCEDENDO EM UM DELTA TEMPO, IREMOS OBTER RENDIMENTOS CRESCENTES, NO PRIMEIRO MOMENTO, ESTABILIZAÇÃO NO SEGUNDO MOMENTO E DESCENDO A CURVA DE PRODUTIVIDADE NO TERCEIRO MOMENTO.

TRAZENDO A LEI PARA O PORTO DE SALVADOR, O TECON TEM 4 VARIÁVEIS A MANEJAR: BERÇO DE ATRACAÇÃO, RETROTERRA, EQUIPAMENTOS E CALADO. FOI AMPLIADO O CALADO, COMPROU-SE NOVOS EQUIPAMENTOS, ACRESCEU NOVA ÁREA A SUA RETROTERRA E AO BERÇO JÁ EXISTENTE.

É EVIDENTE QUE NESSE PRIMEIRO MOMENTO, HAVERÁ GANHOS DE PRODUTIVIDADE  PARA O TECON E PARA A ECONOMIA BAIANA. EQUIPAMENTOS MODERNOS E MAIOR  CALADO INDUZEM MAIOR CADÊNCIA OPERACIONAL EM NAVIOS MAIORES, PERMITINDO MENOR ESTADIA DOS NAVIOS NO PORTO E DIMINUIÇÃO DOS FRETES.  

COM ESSES NOVOS INVESTIMENTOS ATINGIU-SE O LIMITE DE OPERAÇÕES DO PORTO, É CERTO QUE HAVERÁ UMA SOBREVIDA, QUE NÃO SERÁ GRANDE EM VIRTUDE DA DEMORA PARA QUE TUDO ISSO ACONTECESSE, HOUVE UM REPRESAMENTO DA DEMANDA, QUE AGORA CORRE COM VIGOR, MAS O FUTURO REQUISITARÁ NOVAS NECESSIDADES QUE SÓ PODERÃO SER ATENDIDAS COM AMPLIAÇÃO DA ÁREA FÍSICA EXISTENTE, E ESSA ÁREA É A PONTA NORTE.

É SEMPRE BOM RESSALTAR QUE NÃO HOUVE ACRÉSCIMO DE NOVOS BERÇOS AO PORTO DE SALVADOR E ARATU, O QUE SE INVESTE É EM ÁREAS OCIOSAS.


JOSEMAR

VEJA O LINK DA REPORTAGEM: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário