Loading...
Loading...

terça-feira, 8 de novembro de 2011

CLIMA ATÍPICO EM SALVADOR, PARA ESSE PERÍODO DO ANO



DESDE MEADOS DE OUTUBRO DE 2011, SALVADOR CONVIVE COM PADRÃO METEREOLÓGICO ATÍPICO PARA UM PERÍODO DE OUTONO, COM PELO MENOS DUAS FRENTES FRIAS ATINGINDO A BAHIA COM FORTE INTENSIDADE UMA ALCANÇOU SALVADOR NA NOITE DE 18/10 E OUTRA NA TARDE DE 01/11, COM O TRIPÉ, VENTO, CHUVA E QUEDA DE TEMPERATURA ATUANDO DE FORMA RELEVANTE.
NÃO ESTAMOS DIZENDO QUE SEJA IMPOSSÍVEL OU RARÍSSIMO ACONTECER ENTRADAS DE FRENTES MAIS INTENSAS NESSE PERÍODO, POIS DESDE QUE O CLIMA VEM SENDO MONITORADO EM SALVADOR DEVE TER OCORRIDO ESSE PADRÃO EM ALGUM MOMENTO, O QUE SE AFIRMA É ANORMALIDADE DO FATO, MAS É CLARO, EXISTE EXPLICAÇÃO CIENTIFICA PARA O QUE VEM OCORRENDO.
O FENÔMENO LA NIÑA, QUE REPRESENTA O RESFRIAMENTO DAS ÁGUAS DO OCEANO PACÍFICO EQUATORIAL É O RESPONSÁVEL POR ESSES ACONTECIMENTOS. O LA NIÑA QUE ARREFECEU NO INVERNO,  VOLTOU A GANHAR FORÇA AGORA, PERMITINDO QUE AS FRENTES FRIAS ORIUNDAS DA ANTÁRTIDA PENETREM COM MAIS VIGOR E FREQUÊNCIA NO SUL DO BRASIL, AUMENTANDO A CHANCES DE SUBIR ATÉ O NORDESTE.
EM PERÍODOS DE LA NIÑA, O COMPORTAMENTO CLIMÁTICO SE TRADUZ COM FRIO MAIS INTENSO E RISCO DE GEADAS ALÉM DE SECA NO SUL E SUDESTE DO PAÍS, POIS AS FRENTES FRIAS SÃO MAIS INTENSAS, PASSANDO COM RAPIDEZ NESSAS REGIÕES.
NO NORDESTE O LA NIÑA, PROVOCA CHUVAS INTENSAS, RESULTADO DAS FRENTES FRIAS QUE CHEGANDO COM RAPIDEZ E ENCONTRANDO TEMPERARTURAS MAIS ELEVADAS LEVA AO CHOQUE TÉRMICO, ELEVANDO, COMO FOI DITO,  O ÍNDICE PLUVIOMÉTRICO, PRINCIPALMENTE NO LITORAL E LESTE DA REGIÃO.
O INVERSO DO LA NINÃ É SEU IRMÃO EL NIÑO, QUE ATUA LEVANDO CHUVAS AO CENTRO SUL DO BRASIL E SECA A REGIÃO NORDESTE.
RESSALTAMOS QUE AS CAUSAS QUE ORIGINAM ESSES DOIS FENÔMENOS NATURAIS, DE GRANDE INFLUÊNCIA NA MATRIZ CLIMATOLÓGICA DO PLANETA AINDA GERAM CONTROVÉRSIAS.



JOSEMAR

Nenhum comentário:

Postar um comentário